terça-feira, 26 de janeiro de 2010

A Polêmica do Shimbalaiê

Saudações musicais amigos leitores!
Nesta postagem, vamos falar um pouco sobre a polêmica que instaurou-se em torno da música "Shimbalaiê", da cantora Maria Gadú.
Muitas pessoas ficaram curiosas com o significado da tal palavra repetida pela cantora tantas vezes na letra de sua música e correram para a internet, onde cada um tentou dar a sua versão para o significado de "Shimbalaiê".
Entre as bizarras teorias, alguns dizem ser um cântico africano, uma saudação aos orixás, uma reverência à natureza e alguns mais "empolgados" afirmam que deve-se ter cuidado com mensagens subliminares, e que a música é coisa do Cão (ai meu Deus!).
Para a frustração de todas estas mentes inquietas e inventivas de nosso amado povo, a cantora Maria Gadú revelou o significado de sua shimbalaiê:
Como ela mesma diz, Shimbalaiê não tem significado nenhum, é simplesmente Shimbalaiê, uma palavra que ela inventou quando tinha dez anos, durante uma viagem que fez com a família. Shimbalaiê foi a maneira que a cantora encontrou de dar "vida" à música.
Decepcionado com a resposta? Não precisa, nós da TVF não iríamos falar, falar e não brincar com a situação. Seja lá o que for shimbalaiê, ela já virou mais uma de nossas dublagens toscas e bizarras! Confiram o vídeo abaixo:


26 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Gosto da música e acho q cantora tem uma boa voz,mas com toda certeza do mundo a justificativa que ela deu para explicar o Shimbalaiê de sua música é pura mentira.lógico que ela não iria revelar o real significado,é uma quetão de marketing artístico,talvez por não poder revelar ou por medo de perder o público,já que o nosso país ,é um país preconceituoso,pois na verdade Shimbalaiê é uma palavra de origem africana e significa por-do-sol ,feitiçaria magia negra ,voodoo .E é Comprimento usado em terreiros de candomblé e umbanda.
    Onde, você recebe dos orixás africanos; um "conforto de paz" que dizem vir de iemanja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nas religião de matriz africana, não existe magia negra, feitiçarias ou algo do tipo. quanto ao resto eu concordo. sei bem como são nos terreiros.

      Excluir
  4. Realmente faz sentido o que a alessandra disse...
    Vou pesquisar para ver se encontro shimbalaiê entre os cumprimentos de terreiro.
    Viva a liberdade religiosa.
    Viva o Brasil!
    Um Axé para todos.
    Saravá!

    ResponderExcluir
  5. Curioso a explicação da cantora Maria Gadú quando disse que "Shimbalaiê" não significa exatamente nada se a expressão encontra-se na mesma canção onde é citada a entidade espírita "Iemanjá". Duas palavras usadas em rituais ou memoriais do baixo espiritismo ou "linha negra" das religiões africanas. Sabendo ou não, Gadú canta pedindo que os Orixas intercedam a Iemanjá por paz em tempos difíceis.

    ResponderExcluir
  6. ow pelo menos uma pessoa aki tem dissernição espiritual !
    valw alessandra !

    ResponderExcluir
  7. Pessoas vamos ser mais docês nas coisas desse mundo... Não sejam cego as coisas boas desse mundo... "Shimbalaiê" é uma canção que inspira a alma e da conforto... É musica brasileira de qualidade alta...

    ResponderExcluir
  8. Valeu pela explicação alessandra.
    Só não concordo que o Brasil seja preconceituoso,pois se repararmos os cristãos que são denominados "os bobões" da história.Ora,quem aqui deixou de fazer sussesso por ter algo vinculado ao satânico?Veja a Xuxa e suas propagandas de nova era,até hoje faz susseso.
    Os preconceituosos na verdade são os que buscam a verdade,que mal tem nisso?Se eu fizer uma música e colocar no refrão "adorem a satã" disfarçadamente com outros nomes você não acha que as pessoas tem o direito de saber o que estão cantando?
    Magia negra,vodoo,feitiçaria,onde fazem sacrifícios humanos é uma prática sadia você acha?Seria preconceito questionar tais atos?
    No Brasil os valores estão invertidos,isso sim.
    Nada de estranho para quem conhece as palavras do Senhor Jesus Cristo.

    ResponderExcluir
  9. GADÚ para os maçons significa:Grande Arquiteto Do Universo.
    Vejam bem que eu não estou dizendo que ela é satânica nem estou acusando de nada.Só acho que todos temos direito a informação e é justamente por isso que estou aqui,cheguei até aqui buscando e recebi.Cada um faz o que quiser de sua vida,cada pessoa é responsável pelos seus atos.Não quero lançar polêmica alguma.

    ResponderExcluir
  10. GOSTEI DA POLÊMICA E A MARIA GADU MUITO MAIS!. NO FIM "GADU" É O BIG ARQUITETO DO UNIVERSO (E A CONSTRUTORA?)E "SHIMBALAIÊ" UMA REVERÊNCIA, UM PEDIDO, 'AS COISAS BOAS DA NATUREZA. APRENDI Mais uma.
    MURLO CABRAL (cabral7@uol.com.br)

    ResponderExcluir
  11. Não sei de nada disso. O que importa é a qualidade das músicas e da voz da cantora Maria Gadú. Bela voz afinadíssima, para mim que sou leigo em música, mas vou mesmo pelo que me agrada aos sentidos e ela agrada aos meus. Penso também que estão economizando loas a uma jovem e talentosa cantora e compositora futura grande intérprete da MPB. Quanto a sua aparência parece mesmo a de um garoto. Enfim, fazer o quê, né. Nada de preconceitos, falou?

    ResponderExcluir
  12. Como disseram, shimbalaiê é de origem africana, mas não faria sentido ela dizer essa palavra com sentido de feitiçaria ou de voodoo. É mais fácil adotarmos o significado "pôr-do-sol", que combina MUITO mais com o resto da letra da música, não acham?

    E os adeptos do candomblé não fazem nem nunca fizeram sacrifícios humanos. Isso é pura mentira. Da mesma forma que ouvimos boatos de pessoas que matam por algum orixá, ouvimos de pessoas que matam porque dizem que Deus falou com elas. O ato de cometer um assassinato é um problema no indivíduo, e não da fé dele.

    O Candomblé é só mais uma religião como as outras do mundo: O cristianismo, o islamismo, a kardecismo, o budismo e outras. E os seguidores de todas as religiões devem ter a liberdade de expressar seus costumes em suas músicas.

    Por favor, parem com todo esse fanatismo.

    E Gadú não tem nada a ver com maçonaria nem com arquiteto de universo e nada disso. O nome da Maria Gadú é Mayra Corrêa Aygadoux. Aygadoux pronuncia-se aiGADUcs, daí vem o nome artístico dela.

    ResponderExcluir
  13. Gosto muito de Maria Gadu...e adorei a postagen de v's meninos...valeu

    ResponderExcluir
  14. Não pertenço a nenhuma organização de cunho religioso, mas respeito todo tipo de religião. Minha doutrina é fazer o bem.

    E acredito em um ser superior.

    O que vejo no Brasil é um preconseito muito grande com as pessoas que são da religião do candomblé, aí é que entra o mau da maioria das religiões.. elas deixam os seguidores com mente muito pequena em relação a muitas coisas, a maioria ficam sem personalidade, julgando o que tem de bom e o que tem de ruim com base nas doutrinas da religião que eles frequentam.

    ResponderExcluir
  15. Bom, também estou na linha de não julgar ninguém. Amo a voz da Gadú e tudo mais, mas ela dizer que inventou essa palavra é meio que insano, já que a palavra existe sim na língua africana, com a mesma pronúncia e grafia diferente. Está relacionada a orixás sim, ao conforto, ao por do sol etc etc etc, temos acesso a essa informação caso queiram conferir e nem precisa já que o resto da música confirma isso. "Quando vejo o sol beijando o mar" ... "tendo como guia Iemanjá" etc etc etc.

    ResponderExcluir
  16. O mal das pessoas é não respeitar a opinião alheia, a diversidade. Eu não falo do que eu não conheço e ponto final. Só o que posso dizer é que ela é uma grande intérprete da MPB. =)

    ResponderExcluir
  17. ''Shimbalaiê'' Concerteza macumba pura!!

    ResponderExcluir
  18. Quanda Gadú canta Shimbalaiê elapede conforto e proteção ao seu orixa q de fato é iemanjá, e nao tem nada a ver commagia negra ouy coisa do tipo, o fato é que as pessoas são mais fiéis as suas religiões e costumes do que em Deus e em fazer o bem, então antes de criticar outras religiões mentenha seu foco em Deus e em fazer o bem ;D

    ResponderExcluir
  19. desculpem os erros ortográficos ;D
    muito axé a todos !

    ResponderExcluir
  20. A música diz "Shimbalaiê quando vejo o sol beijando o mar". Não seria o sol Obatalá e o mar Yemanja, ambos deuses do candomblé? Por favor, não caiam nessa história de que é uma palavra inventada que não significa nada. Pode até ser inventada, mas duvido que seja simplesmente uma expressão pura e simples para dizer "paz" ou "conforto". Pra mim tá claro que é uma adoração aos deuses do Candomblé. Se vocë a diz, entao condiz com seu significado. Ninguem diz "gosto de laranja" querendo dizer o oposto...

    ResponderExcluir
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  22. Gostei de vários dos comentários em especial do Leonardo, e, palavras à parte - que claro, tem seu valor - vale ressaltar que somos filho do pai que imitarmos às obras. Orgias, inveja, embriagues, brigas, MENTIRA... Seu papai será os orixás. Pureza, domínio de si, sobriedade, amor, VERDADE... Teu pai será o Criador, pai de Jesus.
    Com que vc quer morar quando sua atual morada se decompor? Com Jesus ou com os orixás? Ir para o inferno é legal, divertido, gostoso (hum...como é gostoso...) ruim é nunca mais poder sair de lá. Preço muito alto por algo infindável. Melhor revermos nossos conceitos e valores. Ou vc acha que morreu cabou? E se vc estiver errado, vai pagar pra vê? Problema é seu.

    ResponderExcluir
  23. eu tenho certeza de que shimbalaiê é um comprimento de terreiro. é uma música dedicada as divindades. como já foi dito em outros comentários, a Gadú não diz, deve ser medo da reação do público. a maioria dos cantores de mpb faz cultuação em uma música dedicada ás entidades. ex; Maria Bethânia , Gal , Caetano, Preta, entre vários outros.
    axé a todos vcs.
    tanto é que ela cita o nome de uma entidade na música.
    uma dica: esculte o shimbalaiê e preste atenção no resto da letra da música, e terão o significado que está na cara ...
    fiquem todos na luz e proteção de vovó maria, iansan e iêmaja

    ResponderExcluir
  24. Meu caro: gostei do blog. Mas pelo amor de Deus (ou de Oxalá, ou de ambos), pare de usar "polêmica"- é o clichê mais batido e barato da imprensa tupiniquim, Já está dando engulhos. Use "controvérsia" "opinião discutível", etc.
    Minha curiosidade sobre o significado de shimbalaiê continua insatisfeita; quem poderia matar a charada seria o Prof. Reginaldo Prandi, da USP - super especialista em religiões afrobrasileiras. Se ele não souber, ninguém sabe.
    A música é mesmo bonitinha, foi a mais simpática peça de MPB que escutei nos últimos anos. Meio ecochática, mas muito melhor do que escutar caipira rimando mulherada, balada, cervejada e roubada.
    Sinceramente espero que shimbalaiê seja mesmo uma palavra inventada, porque se uma cantora se envergonha de usar um termo religioso afrobrasileiro numa canção popular - como Vinícius já fez tão bem - a intolerância está galopando.

    ResponderExcluir